Greve no metrô

Começou ontem uma greve no metrô de Londres. Mas não foi nada parecido com as greves no transporte público em São Paulo. É tudo tão organizado que seja a ser engraçado.

A greve atinge só três linhas (a cidade tem onze) entre as 16h e as 19h. Foi anunciada muitos dias antes, para as pessoas se prepararem. E, mesmo nesse horário, chegou a ser prometido que o transporte de passageiros não seria totalmente interrompido.

Eu, brasileira que sou, vim para casa mais cedo. Mesmo tendo a possibilidade de voltar mais tarde de ônibus sem grandes complicações, preferi não enrolar na rua. Imaginei ônibus lotado, trânsito louco, pessoas nervosas, aquela neurose paulistana.

Mas tudo correu tranquilamente e o serviço está normal agora pela manhã, informa o “Evening Standard”.

O transporte em Londres é caro – uma viagem de metrô custa duas libras (R$ 6), subindo para 2,70 libras (mais de R$ 8) nos horários de pico de manhã e no início da noite. Na campanha para a eleição do novo prefeito de Londres, que acontece agora em maio, a diminuição desse valor é uma das grandes promessas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s