Montando a casa em Londres

No post sobre como alugar apartamento em Londres, o Tiago contou que as aqui as casas quase sempre já estão mobiliadas, mas o pacote não inclui os pequenos itens que tornam uma casa habitável. Utensílios de cozinha (pratos, copos, panelas, talheres), roupa de cama, cobertores e toalhas, por exemplo, são pessoais. Mesmo nós, que viemos passar poucos meses, tivemos que gastar uma boa soma comprando tudo isso.

Fachada da loja Ikea em Londres

Metade da fachada da loja Ikea em Londres; a loja é grande demais para a foto

No nosso caso, para piorar, tínhamos pressa em sair do hotel e corremos para o apartamento assim que pegamos as chaves. Para conseguir passar a noite, foi preciso comprar um monte de coisas de uma só vez.

Onde comprar tudo isso depende, claro, do orçamento de cada um. Há produtos de qualidade na loja de departamentos Marks and Spencer ou ainda melhores e mais bonitos nas grandes lojas da Oxford Street como a John Lewis. Mas se a ideia não for gastar muito, a solução é sueca: Ikea.

Londres possui quatro lojas Ikea, todas em bairros afastados do centro. Não poderia ser diferente, já que as lojas são gigantes.

A rede tem quase 80 anos de história e é o modelo para Tok Stok e Etna. A diferença da original para as cópias é que na Ikea você vai encontrar absolutamente tudo que você pode sonhar em versões diversas: das mais simples e baratas (as mais baratas da cidade) às mais sofisticadas e elegantes. E mesmo essas não custam nenhum absurdo.

Ambiente decorado na loja Ikea, em Londres

Ambiente decorado na loja Ikea, em Londres

Entre os objetos essenciais mais simples, há pratos por 80 centavos de libras, conjunto de seis copos de vidro por 89 centavos e toalhas de banho boas e grandes por menos de 3 libras. Nada disso é de baixa qualidade ou descartável. Pelo contrário, parecem mais duráveis do que muita coisa comprada no Brasil por muito mais do que isso.

Para quem vai ficar mais tempo, os objetos de decoração são um caso à parte. Na loja de Wembley, onde fomos já algumas vezes, um andar inteiro é dedicado aos ambientes decorados para “inspiração”. Para mim, passar por ali é uma sessão de masoquismo: é um mundo lindo que eu não posso levar para o Brasil quando eu voltar.

Há ainda grandes linhas de móveis, também com preços variados. Eles são estocados em grandes galpões no final da loja, espaços imensos por onde é preciso passar antes de chegar aos caixas. A loja incentiva o “faça você mesmo”: você escolhe o móvel exibido nos ambientes decorados, anota seu código e o retira em um dos galpões. Depois disso, é pagar, levar para casa e montar sozinho.

Galpão de móveis na loja Ikea, em Londres

Galpão de móveis na loja Ikea, em Londres

Coisas ainda mais simples, como acessórios de limpeza ou itens de plástico para cozinha, são também facilmente encontradas em lojinhas de bairro. Elas estão em todos os cantos da cidade, sempre comandadas por imigrantes, abarrotadas de objetos já na calçada. Vassouras, baldes, esfregões, porta-talheres, caixas organizadoras, esses lugares têm de tudo por preços mínimos. Até eletrônicos, como adaptadores de tomadas brasileiras, podem ser encontrados ali. E com a gente o atendimento sempre foi simpático e atencioso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s