Dois dias em Liverpool

Liverpool é uma cidade pacata, um pouco maltratada pelo tempo e sem muita coisa para fazer, mas cheia de pessoas simpáticas, prestativas e que gostam de puxar papo com estranhos. Essa é, em resumo, a impressão que a cidade deixou após os dois dias que passamos ali.

Liverpool

Liverpool vista a partir das docas reurbanizadas com o seu prédio mais famoso, o Royal Liver Building, à esquerda

Fomos num sábado de manhã e voltamos no domingo à noite. Os objetivos eram conhecer um pouco da cidade em geral, desafiar o sotaque difícil do norte e, claro, visitar os pontos ligados à história dos Beatles (que vão ganhar um post à parte).

Para quem não é fã de Beatles e não quer olhar para a cidade por esse ponto de vista, é preciso dizer que Liverpool não oferece muito.

A cidade, que cresceu sendo um dos principais portos da Europa, é voltada para o rio Mersey, que logo depois deságua no Mar da Irlanda. As gaivotas sobrevoam toda a cidade.

À margem do rio, antigas docas foram reformadas e hoje foram um grande espaço turístico e de passeio para os moradores. Ali está a Albert Dock, um complexo de museus – como a filial da Tate, o Beatles Story e o museu marítimo -, restaurantes e lojas de souvenires.

E ligando tudo isso está uma longa calçada à margem do rio com diversos bancos para simplesmente sentar e ver o tempo passar. O rio é largo, profundo, e o vento ali é bastante violento, tornando a experiência quase uma tortura. Mesmo no final da primavera, o frio gelava os ossos. Mas naquela tarde de domingo, diversos casais de várias idades namoravam timidamente sem ligar para o fato de estarem totalmente descabelados.

Altar da Catedral Anglicana de Liverpool

Altar da Catedral Anglicana de Liverpool

Um dos orgulhos da cidade é a imensa Anglican Cathedral. Imensa mesmo. Ela tem só 100 anos, não possui importância histórica, mas seu tamanho impressiona. A entrada é gratuita. A seu lado, há um pequeno parque, o Saint James Mount and Gardens. O espaço foi um cemitério até a década de 1960, quando decidiram transformá-lo em um parque e os túmulos foram retirados. No entanto, o corredor de entrada para o parque é cercado de lápides, o parque todo é cercado de lápides, é tudo frio e mórbido deixando claro que toda essa transformação foi uma péssima ideia.

Já as pessoas são de um tipo caloroso e gentil de modo tão inocente que nós, paulistas desconfiados, demoramos a entender. Na rua, quando abrimos um mapa, um casal jovem se aproximou para perguntar se precisávamos de ajuda. Em um pub que não servia jantar, uma funcionária (ou proprietária?) saiu de trás de balcão e nos acompanhou até a calçada para mostrar onde ficava um bom lugar para comer. No pub anexo ao hotel, dois clientes do local se mobilizaram para resolver qual era o melhor jeito de chegarmos ao bairro de Lennon e McCartney – um deles acabou também nos acompanhando até a calçada para esperar o taxi conosco.

Saint James Mount and Gardens, em Liverpool

Entrada do Saint James Mount and Gardens, em Liverpool, cercada de lápides

O tempo de viagem de trem entre Londres e Liverpool varia de acordo com o número de paradas. Na ida, levamos pouco mais de duas horas, que é o tempo mínimo para o trajeto. Na volta, parando em diversas estações no meio do país, levamos três horas para chegar. O preço das passagens varia de 25 a 36 libras se comprados com antecedência no site National Rail. O desembarque é na estação Lime Street, que fica bem no centro da cidade.

Na cidade, é possível se locomover de ônibus. O site Traveline Northwest pode ajudar a descobrir a melhor linha para chegar aos lugares, mas não confie muito nos trajetos que ele mostra e nas paradas que sugere. Ele indicou corretamente qual ônibus deveríamos pegar do centro até nosso hotel, mas indicou uma parada em uma transversal sendo que o ônibus passou antes na porta do hotel. Uma viagem de ônibus custa 2 libras.

Aqui os preços dos taxis não são tão proibitivos quanto em Londres. Se você estiver em grupo de mais pessoas (estávamos em três), pode até ser uma opção mais barata do que ônibus.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s