Camden Market

Camden Town possui a fama de ser o bairro mais boêmio de Londres e seus grandes mercados de roupas, acessórios, artesanato e objetos de decoração a preços atraentes viraram há anos ponto de referência. Todo guia aponta essas feiras como ponto imperdível na hora das compras.

Roupas em exposição no Camden Market; peças para um público específico estão cada vez mais raras

A triste verdade, no entanto, é que a reputação dos mercados foi construída em um passado que é recente, mas que realmente passou. Provavelmente graças a esses mesmos guias que começaram a mandar todo turista para aquelas bandas.

Hoje os mercados de Camden se voltaram para esse público, ou seja, se tornaram redundantes e caros.

Os mercados de Camden são diversas feiras espalhadas ao longo da Camden High Street. Andar por elas é atravessar uma longa sequência de barracas de camisetas de bandas, com ilustrações de street art (muito Banksy) ou com frases engraçadinhas, toneladas de vestidos idênticos (versões de baixa qualidade dos vestidos da moda nas grandes lojas de departamento), agasalhos esportivos com nomes de universidades inglesas, quadros com “cenas” de Londres, placas metálicas com nomes de rua e pôsteres de filmes e música, tudo sempre igual.

Camisetas à venda no Camden Market; mesmas estampas para todo lado

As roupas para o público punk, gótico e afins, que há menos de quatro anos (na minha primeira visita) ocupavam uma parte significativa das lojas, estão aos poucos desaparecendo.

Fora dos mercados, no trecho da rua que leva da estação de metrô Camden Town até a área mais agitada, as lojas são de óculos de plástico com armação colorida, capas para celular e lembrancinhas: as mesmas miniaturas de ônibus de dois andares e Big Ben fáceis de encontrar em qualquer rua turística da cidade. Os poucos tatuadores que sobraram quase desaparecem na paisagem.

Há ainda diversas barracas de comida, concentradas principalmente no Stables Market e no Camden Lock, mas é preciso dizer: elas fazem as comidas mais feias que vi em todas as feiras de rua de Londres até agora.

Roupas para bebês metaleiros no Camden Market

Com tudo isso em mente, os mercados de Camden ainda valem uma visita? Valem, sem muita expectativa. Em todo o mercado restam ainda algumas lojas e barracas que fogem do lugar comum e com paciência é possível encontrar uma ou outra coisa interessante.

Evite o fim de semana, quando a quantidade de pessoas é tão grande que torna a circulação quase impossível.

O Stables Market ocupa o espaço que costumava ser usado como estábulo há muitas décadas e tem seu charme, com um reduzido número de lojas com objetos vintage.

Para quem quer levar pôsteres e placas para decorar a parede de casa, há ilustrações interessantes. O preço começa em 7 libras, mas pode subir bastante dependendo do material e do tamanho.

Há também algumas poucas barracas de CDs e discos de vinil. Os CDs são caros, com preços acima dos cobrados nas grandes lojas. Quanto aos vinis, não sei dizer se os preços são justos.

Para completar o passeio com um toque mórbido, a casa onde Amy Winehouse morreu, em Camden Square, fica a cerca de 15 minutos dali. É so procurar o caminho no Google Maps e passear até lá.